VIVA COM EQUILÍBRIO PILATES

  
  
  

HISTÓRICO JOSEPH HUMBERTOS PILATES

Joseph Humbertus Pilates nasceu  em 1880 e era uma criança frágil e doentia, que sofria de asma e febre reumática. Foi por isso que se consagrou ao estudo do corpo humano, para alcançar um físico forte e uma mente saudável.

Foi tanta a sua determinação que conseguiu transformar o próprio corpo, tornando-o musculso de tal forma que, aos 14 anos, posava como modelo anatômico.

Partiu para a Inglaterra para ser boxeador. Chegou a ser até artista de circo e treinador de defesa pessoal para os detetives da Scotland Yard. Praticou ioga, esqui, culturismo etc.

Por ter praticado a ioga, entre outras disciplinas, J. H. Pilates decidiu criar a sua própria concepção de esporte, baseando-se em princípios similares.

Quando eclodiu a Primeira Guerra Mundial, ele foi feito prisioneiro e confinado em um campo de trabalho, onde decidiu investir o “tempo livre” para desenvolver suas ideias sobre saúde e forma física, usando todos os seus conhecimentos.

Instruiu os companheiros, que, curiosamente, não morreram com a epidemia de gripe de 1918. Durante a sua passagem pela enfermaria da prisão, criou camas com molas e roldanas para os pacientes poderem exercitar os músculos antes de ficarem de pé ( esse aparelho, o “Cadillac” é hoje, uma peça-chave do sistema.

Após a guerra, Pilates continuou com os programas de treinamento de condicionamento físico em Hamburgo na Alemanha, onde aperfeiçoou seus métodos trabalhando com a força policial da cidade. Em 1926, desiludido como o trabalho no exército alemão, imigrou para aos Estados Unidos. Na viagem para a América, Pilates conheceu sua futura esposa, Clara. Quando chegou, o casal fundou um estúdio na cidade de Nova York, que funciona ate os dias de hoje. Pilates e sua esposa supervisionaram pessoalmente seus clientes naquele estúdio até a década de 60 (GALLANGHER e KRYZANOWSKA 2000).

Pilates praticava o que pregava, e viveu uma vida longa intensa e saudável até 1967, aonde veio a falecer aos 87 anos. Hoje, uma seguidora sua Romana Kryzanowska que o acompanhou desde 1941, prossegue com seus métodos e exercícios disseminando seu conhecimento em todo o mundo, fazendo trabalhos com companhias de dança, times de atletas profissionais, clientes de spas e academias (UNGARO, 2000).